Colunas

Dicas para reconhecer um bom veterinário

27/10/2014

Empatia, referências, condições de higiene do consultório e tratamento carinhoso aos animais são sinais de que você está no caminho certo

Ter um bichinho de estimação requer muita atenção. Animais são como crianças e precisam de atenção, boa alimentação, bom lar e acompanhamento da sua saúde. Sim, animais precisam fazer exames de sangue, controles cardíacos, saúde bucal e uma série de prevenções que ajudam a manter a saúde sempre em dia.

ca

Um bom veterinário deve ser igual um bom pediatra ou aquele velho e bom amigo médico que cuida de toda a família. Devemos ter rotina para levar nossos pets no consultório para dar o famoso check-up. Agora, como reconhecer um bom veterinário?

Para começar siga sempre aquela lei da empatia. Sim, temos que – a grosso modo – ir com a cara do veterinário. Empatia é fundamental para escolher um profissional para cuidar dos nossos animaizinhos. Depois veja tudo, se o veterinário consulta em um lugar perto da sua casa, de fácil acesso, se tem estacionamento, tem ônibus perto? Isso tudo influencia na escolha, pois são fatores que, muitas vezes, fazem a gente desistir de levar os pets ao médico.

Outra dica preciosa é analisar as condições de higiene no consultório. Isso é primordial, veterinário sujo não pode. Observe a relação do veterinário com os animais, ter amor é fundamental. Mesmo após um longo dia cansativo, o veterinário tem que ter aquele brilho nos olhos, carinho e cuidado com os animais.

Repare se a equipe que trabalha no consultório é uma equipe alegre, feliz e disposta. Nada pior que deixar nossos animais nas mãos de pessoas carrancudas e de mal com a vida. A primeira impressão é realmente a que fica. Outra dica importante é a famosa indicação. Mas cuidado, indicação não é lei e o que é bom para um, pode não ser bom para outro. A empatia conta muito nesse estágio.

Outra medida que você pode tomar é procurar saber do histórico desse profissional. Onde se formou e se possui algum curso de especialização. Às vezes, o médico veterinário tem a certificação de aves ou de animais exóticos, serpentes ou felinos. Em fim, essa procura pelo currículo do profissional é uma etapa importante.

Depois disso, é só agarrar esse veterinário, pegar telefones para possíveis emergências e nunca mais soltá-lo!

Sobre o autor

Adilson Félix Fraga Jr. Adilson Félix Fraga Jr. Formado em Publicidade e jornalista de carreira, Nuno Fraga militou por vários anos em uma ONG de adoção de cães e gatos. Repórter da extinta revista Estima Pet com distribuição gratuita, se apaixonou por este assunto e vem se especializando em mercado Pet. Atualmente é proprietário do blog Pet Lovers ( www.petshoplovers.com).
Voltar | Topo
Comentários

você e a PetMag

A PetMag é um portal produzido com muito orgulho pela equipe da Citrus7. Aproveite e conheça o nosso trabalho! Citrus7