Artigos

Cuidados com seu gato durante a viagem de fim de semana

por Flavia Ferreira

Vai ficar fora no fim de semana e quer deixar seu bichano em casa? Saiba o que fazer para garantir uma viagem tranquila para você e conforto para ele.

Com a chegada das festas de fim de ano ou até mesmo daquele feriado prolongado, o que mais queremos é tirar uma folguinha da rotina do dia a dia. Seja na praia, no campo ou até em outra cidade o que queremos é um pouco de descanso e tranquilidade. Fazemos planos, calculamos gastos, tempo, mas… peraí! Esquecemos um dos detalhes primordiais para a nossa viagem ser tão prazerosa: quem vai ficar com o pet neste período?

Todos nós fazemos viagens, seja a trabalho ou passeio, um fim de semana fora de casa é inevitável em algum momento. Por mais que você esteja pensando no quanto o animal vai sentir sua falta antes mesmo de aprontar as malas, já fique sabendo que ele pode virar a cara e para a água, fazer manha e até chorar. Mas, acredite, se for apenas um final de semana longe de você, seu pet vai sobreviver.

Pensando nisso, vamos ver as possibilidades de garantir o conforto do animal? Antes de mais nada é preciso avaliar as condições físicas do bichano. Ele está saudável? Passou por alguma cirurgia recentemente? Essas questões são fundamentais, pensando no local onde você deixará o pet durante esses dias.

Sua ausência será em torno de 2 dias, certo? E você optou por deixá-lo em casa sozinho? Ok. Providencie vários recipientes para a ração, água e algumas caixinhas de areia para este período. Você não vai querer chegar em casa e encontrar o cocô do pet em todos os cômodos, vai? Como gatos adoram derrubar os potes de água, coloque um bem pesado para que ele não vire. Deixar uma quantidade de sobra para eles garantirá que não sintam fome nem sede até você voltar.

O ideal é que o pet fique na casa onde mora, isso ajudará diminuir a falta que o bichano sente de seus donos. Peça para algum amigo ou parente cuidar dele durante esses dias. Pode ser uma atividade muito agradável para ambos. Se possível, peça para o seu amigo fazer visitas diárias, isso irá garantir a troca da ração e da água. Peça para limpar as caixinhas de areia também. Nestas visitas, o seu amigo pode ficar alguns minutos com o animal, fazendo um carinho. Para o pet será maravilhoso e muito gratificante, pode apostar!

Se a sua viagem for um pouco mais prolongada, o favor do seu amigo ou parente terá que ser aqueles dos grandes. Ah, amigos são pra essas coisas, não é mesmo? Existe a possibilidade do seu pet ficar na casa dele? Então pergunte, mas antes disso, verifique se o ambiente é seguro, afinal gatos adoram pular muros e janelas. Você já checou se existem outros animais na residência? Crise de ciúmes não é o que você tinha imaginado, mas em alguns casos a convivência com outros animais os ajuda a se esquecer dos problemas (saudades é um deles)… Pronto! Crie coragem, leve uma pizza e peça esse imenso favor ao seu melhor amigo, na pior das hipóteses ele vai dizer que não dá, então esteja preparado.

Por mais que você tenha economizado muito para garantir uma viagem perfeita, o seu pet continua ali, em casa, esperando uma companhia durante a sua ausência. Para ele, tudo seria mais fácil se você não fosse viajar. Mas, já que você tentou a casa de alguns parentes e amigos e, infelizmente, alguns não puderam, não desanime. O jeito é pagar uma estadia nos hotéis para animais.

Atualmente os hotéis para animais são muito procurados, principalmente em épocas como fim de ano. Se você quer deixar o seu pet em um hotel, vá conhecer o local alguns dias antes, a estrutura, higiene, o atendimento dos profissionais e como será o cotidiano do animal enquanto estiver lá. Confirme a presença de veterinários e se o hotel está em dia com as documentações necessárias para cuidar dos animais. Converse com os profissionais sobre a rotina do animal, se ele tem que tomar algum remédio controlado, por exemplo.

Para garantir uma viagem mais tranquila, visite o veterinário do animal dias antes. Converse com ele sobre sua viagem. Pode ser que ele recomende dar alguma vacina que impeça a infestação com pulgas e carrapatos caso o pet vá para uma casa com outros animais ou para o hotel. Independente do lugar onde o pet estiver espalhe para várias pessoas e locais o contato do veterinário, garantindo ajuda caso necessário.

Tags
Voltar | Topo
Comentários
AdPlace

guia de Raças de Gatos

Singapura Singapura O anão dos gatos domésticos...
  • Veja outras raças/espécies de pets Abrir

você e a PetMag

  • Compartilhe aqui também
A PetMag é um portal produzido com muito orgulho pela equipe da Citrus7. Aproveite e conheça o nosso trabalho! Citrus7